sábado, 4 de julho de 2009

Vitória, mas sem ilusão...

Espero que essa vitória não mascare os nossos problemas. Fizemos um jogo ridículo, porém ganhamos no diferencial do nosso craque Rafael Coelho e da nossa muralha Wilson.

Mesmo antes da expulsão do Luciano, o time já não conseguia tocar a bola. Era jogar pro Lucas tentar correr. Jairo que entrou para fazer a bola circular, pouco a fez. Saiu para a entrada do Michel para recompor o meio.

No segundo tempo, o figueirense repetiu a atuação do primeiro. Sem atacar, recuou a linha defensiva e só deu chutão para tentar encontrar o Rafael. O Bahia esbarrava na falta de qualidade do setor ofensivo e apenas jogava bola na área, sem sucesso.

Com a saída do Schenck para a entrada do Alê, Roberto posicionou Lucas no meio para puxar o contra ataque. Porém, o garoto já estava esgotado.

Ficou claro que precisamos de pelo menos 4 jogadores: Um zagueiro, um volante pegador, um camisa 8 (aquele volante corredor, no estilo Carlos Alberto) e um meia. Não acredito que Pedrinho seja esse meia que tanto precisamos.

A próxima partida será sexta feira contra o Fortaleza no Orlando Scarpelli.
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Vitória, mas sem ilusão..."

jbmartins disse...

As vezes me pergunto, será que se trocar de tecnico, o time sa acerta?? fica na mesma??, e tam mais se trocar de tecnico o novo tecnico vai começar do zero??? com novas contratações, novas barcas etc...., coisa horrorosa estamos no manto sem cachorro.......

jbmartins disse...

Esta muito dificil, pois temos 6 times muitos bons e bem montados são: Guarani, Ponte Preta, POrtuguesa, Brasiliense, Vasco, Vila Nova. O Figueira com este elenco e com este alto e baixo na campanha, e a campanha em casa complicada e que vai definir muita coisa, não chega, precisa definir rapidamente seu time, para dar ritmo, isto que temos um buracão no maio campo.

Postar um comentário