sexta-feira, 10 de julho de 2009

Os desfalques corrigiram os problemas do figueirense

Soou estranho o título? Realmente eu acho que os desfalques do Figueirense corrigiram os nossos problemas.

Tinhamos um problema série no meio de campo. Com um meio formado por Fernandes e Pedrinho, o figueirense ficava com um meio de campo muito técnico e com passe curto e os dois laterais não conseguiam acompanhar, pois são jogadores de muita velocidade e não tão técnicos. Com a saída do Pèdrinho, o meio ficou muito mais rápido, com o Fernandes encostando nos alas e progredindo em uma velocidade incrivel pelos dois lados.

Outra saída que consertou o Figueirense foi a do Schenck. Schenck joga como um segundo atacante também. Schenck ultimamente esta jogando muito fora da área, fazendo com que o Rafael jogue muitas vezes centralizado. Como o Schenck é finalizador, e não um velocista, o figueirense perdia muito das caracteísticas do Rafael.

Com a entrada do Clodoaldo, o figueirense ganhou um poste la na frente. Um jogador que fica sempre fazendo a função de pivô. Com isso, o Rafael Coelho ficou com a função de cair pelos lados do campo, puxando um zagueiro e abrindo um espaço na zaga para a entrada do meia atacante. Foi assim que aconteceu no primeiro gol do Fernandes.

Quero aproveitar e parabenizar o Roberto. Ajustou muito bem a equipe.Mesmo quando viu que o adversário vinha no 3-6-1, manteve os 3 zagueiros e soltou os alas. Agora é seguir com o mesmo esquema para pegar ritmo.


Algumas correções precisam ser feitas ainda. Principalmente na dupla de volantes. Mas já temos um bom time em campo.
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Os desfalques corrigiram os problemas do figueirense"

jbmartins disse...

Cara boa visão do jogo, é por ai, mas falta muitas batalhas ate o final.

Daniel disse...

É verdade... com o Clodoaldo fazendo o pivô, como o Tadeu fazia em tempos idos, nosso ataque ficou muito mais perigoso. Excelente análise! Parabéns.

Postar um comentário